Cores: saiba como usar os tons da moda


É tempo de otimismo, dizem as cartelas de cores das principais marcas de tinta no país


Passado o pico da crise econômica mundial, os tons recomeçam mais esperançosos e alegres, como o amarelo-esverdeado. “Mas, apesar de otimista, a cor para 2011 é também contemplativa, lugar de tonalidades lavadas, como o lilás-seco”, diz Cher Potter, editora do WGSN, portal inglês de tendências. Conheça as apostas mais fortes e saiba como usá-las em sete ambientes. Em nosso canal Cores e Pintura você encontra mais dicas de combinação de tons e técnicas de pintura. Testar a cor em casa antes de comprar toda a tinta também é importante. Saiba como fazer isso.

* Antes de comprar a tinta, verifique o tom no catálogo do fabricante. A visualização na tela pode alterar a cor original.

Cozinhas feitas para reunir amigos e família


Cozinhas: ponto de encontro. Confira projetos que integram a cozinha aos ambientes de estar e a transformam em um confortável ponto de encontro.

Se a conversa sempre acaba na cozinha, por que não tratá-la com mais deferência, usando acabamentos surpreendentes e marcenaria caprichada? Cada vez mais visto como um ponto de convívio informal, o ambiente já foi incorporado como um complemento do estar, com menos paredes e portas abertas aos amigos. Para deixar sua cozinha equipada.

Casa dos Sonhos


A casa projetada por Najjar & Najjar é uma daquelas casas que poderiam estar somente nos sonhos.
Ela está situada na encosta da Berg Poestling, uma montanha com vista para Linz a capital da Áustria, o panorama da cidade que ela apresenta é realmente impressionante, ele pode ser vista de quase todos os quartos e da piscina no terraço.
O vidro em grande escala e os elementos deslizantes enfocam o espaço interior e o espaço exterior, ela possui uma área aberta que integra das as zonas funcionais que estão a poucos passos um do outro.
Os quartos estão situados nos níveis superiores que são acessados por escadas que levam a uma galeria aberta.
A base é parcialmente esculpidas no chão e aloca instalações de fitness e bem-estar, escritório e uma brinquedoteca para as crianças.
Para detalhes visite Najjar & Najjar.

Para a convivência


Com as vidas cada vez mais atribuladas que levamos nestes tempos modernos, passamos menos tempo dentro de casa. Deveríamos mudar isso e nos convidarmos mais a um momento de leitura, uma agradável conversa com os amigos na sala, uma comédia romântica ou um final de temporada alucinante no DVD.

Talvez precisemos de mais convivência. E os espaços da Polo Design Show que mostraremos nesta matéria são ideais para essa entrega.


Não se trata só de um cômodo para assistir suas séries e filmes favoritos. Os arquitetos Marcos Contrera e Marcos Biarari sabem que, hoje em dia, o espaço é um fator cada vez mais em escassez e utilizaram seu ambiente de 45 m² na mostra para apresentar um conceito de “home-estar”.

A criação mescla elementos de decoração clássica, inspirados numa família tradicional com peças antigas herdadas, com outros bastante contemporâneos, representados pelos equipamentos em alta tecnologia e na marcenaria de linhas retas. Tecnologia, aliás, muito importante para garantir a qualidade da imagem num ambiente que tem quatro portas de passagem.

E Contrera anuncia: “Não é só uma sala para foto de revista, é uma sala funcional.” Por isso o cuidado de dotar o chesterfield e os outros estofados da sala com um veludo impermeável. "Fiquem à vontade com a mão de gordura, a pipoca, o refrigerante que cair. Você tem uma sala tão requintada e a molecada com o pé em cima do sofá. Pode sim”, diz Contrera.

Outra solução apresentada pela dupla e a aproximar ao máximo os sofás e a tela, para criar corredores na parte de trás. Dessa maneira, quem entra na sala pode circular sem atrapalhar quem estiver assistindo à transmissão. Além disso, esses nichos também podem ser aproveitados para a colocação de aparadores e outros móveis para guardar cobertores ou os próprios DVDs, dispensando assim um acessório específico para eles na marcenaria.

Luminárias retrôs para enfeitar a casa



Elas parecem antigas, mas são modernas. As luminárias do designer alemão Frank Buchwald trazem uma nova tendência para o universo da decoração: as peças, que levaram dez anos para ser produzidas, mesclam características atuais e retrôs.

A identidade única de cada um dos 12 modelos faz jus ao trabalho artesanal do artista, conferindo um resultado ímpar e requintado. Aqueles que gostaram da coleção podem se dispor a pagar 10 mil euros pela unidade. As encomendas devem ser feitas no site e demoram quatro semanas para ficar prontas.

38 m² Bem Distribuídos Neste Apartamento



Passados dez anos desde que se mudou de Campinas para São Paulo a fim de cursar engenharia, Alexandre viveu muitas mudanças. Por isso, o apartamento de 38 m² comprado pelo pai para lhe servir de moradia já não combinava com seu momento de vida. “De estudante a executivo que viaja muito, ele agora precisa de um apartamento prático”, diz o designer de interiores Marcel Steiner, contratado para renovar o imóvel. Da primeira ideia, que envolvia apenas a troca dos móveis, logo Alexandre foi convencido a derrubar algumas paredes para fazer o espaço render. A outra providência foi eliminar parte da parede do quarto, que agora se integra à área social e lhe confere ares de loft contemporâneo. Conheça outros projetos de apartamentos de até 100 m².

Paletas de cores de Casa Cor


Observamos as novidades dos catálogos e detectamos seis grupos de cores que vão emplacar em 2010 e 2011. Para ilustrar as combinações, escolhemos ambientes da Casa Cor São Paulo 2010 que mostram como os profissionais têm aproveitado essas tonalidades em seus projetos.

Irradiando luminosidade, as cores vívidas aparecem para contrastar com o cinza urbano, do asfalto e dos prédios espelhados. As tonalidades fortes quebram as combinações tradicionais e trazem otimismo para 2010, a exemplo do Quarto da Jovem Senhora, dos arquitetos Antonio Ferreira Junior e Mario Celso Bernardes. A feira Heimtextil, que aconteceu em Frankfurt, Alemanha, no início do ano, ressaltou as cores primárias – vermelho, azul e amarelo –, mas as mesclas também sobressaem, como ciano, magenta e pink. “Os tons intensos favorecem a criatividade”, complementa Justine Fox, diretora de criação da consultoria Global Color Research para Tintas Iquine. DICA: aplicar a tinta em apenas uma parede proporciona um efeito descolado.

Dicas para ter um jardim bonito e saudável



Ter um jardim vistoso e saudável exige cuidados especiais. A escolha das espécies, o local onde serão plantadas, a periodicidade da rega: tudo isso influencia no resultado final. Nâo adianta aumentar a quantidade de adubo ou de água para que a planta cresça mais rápido. Com jardins, de nada vale a ansiedade. Tudo tem o seu tempo. Confira abaixo algumas lições:

Rega na medida certa
Informe-se sobre a quantidade de água que cada espécie necessita ao longo do dia. Evite regá-las à noite. Sem luz natural, a umidade é maior, o que facilita a proliferação de fungos.

Procure pensar na irrigação antes de as espécies serem plantadas. Dessa forma, não será necessário rasgar o gramado e desfazer canteiros para a instalação de canos e tubos. Mas, se for aguar as plantas com mangueiras comuns, experimente instalar torneiras a cada 20 m. Isso facilitará a rega, ao trabalhar com mangueiras menores.

Adubo calibrado
Calcule bem a dose de adubos e fertilizantes. Preste atenção no rótulo do produto e nas indicações de quantidade e freqüência da aplicação. Aproveite as primeiras horas da manhã para adubar, quando o Sol ainda não esquentou o solo.

Farmácia da terra
A melissa é ótima contra gripes, o orégano é conhecido por propriedades expectorantes e o poejo ajuda a curar inflamações na garganta. Essas e outras plantas medicinais exigem mimos extras, principalmente no verão. Evite tocá-las ou regá-las sob o sol, quando suas folhas estão quentes, pois elas queimam facilmente.

Frutas no jardim
É possível plantar árvores frutíferas no jardim. O segredo está na escolha das espécie. As pitangueiras e acerolas, por exemplo, têm raízes mais delicadas e por isso são ideais para canteiros.

A poda vai ajudar a controlar o tamanho das espécies. Para o pé ficar baixo e gordinho, como um arbusto, o truque é cortar 20 cm dos galhos a cada dois anos, sempre em agosto. Mas ambas exigem paciência, pois crescem 10 cm por ano. Já a seriguela atinge 3,5 m em dois anos.

Terreno florido
As flores precisam de manutenção redobrada. Ela pedem sol o dia todo e necessitam de um lugar com maior incidência de luz. Fique atento: folhas amareladas indicam carência de ferro e a recuperação é difícil.

Mais espaço
Elas precisam respirar para crescer. Deixe um espaço de pelo menos um palmo entre as mudas.

Arrume o solo
Em vasos e canteiros, a terra deve estar bem fofa para facilitar a circulação de ar e a passagem de água. Coloque uma camada de cascalho no fundo do vaso para auxiliar a drenagem da água.

Paredão de plantas: muro no fundo de casa ganha solução ousada




Ao fugir das famosas trepadeiras, profissionais inovam na cobertura de muro e dão ar moderno ao jardim. Saiba também como caprichar no seu jardim.

Nada de trepadeiras. Este muro de 18 x 3,60 m, nos fundos de uma casa , ganhou uma solução mais ousada sob o comando do paisagista Gilberto Elkis: elementos vazados de concreto (39 x 19 x 14 cm, da Neo-Rex) fazendo às vezes de cachepôs. “Acomodamos os torrões com as mudas e completamos com substrato.
Nenhuma espécie precisa de poda – à exceção da tradescância, a folhagem roxa”, detalha a responsável pela execução do jardim, Ana Thereza Geribello. Um sistema de irrigação computadorizado (Easy Garden), com drenos dentro dos blocos, programa as regas. Entre a piscina e o muro, mantiveram-se as árvores existentes.

Jardim de Temperos é Ideal para Apartamentos e Locais Pequenos



Nos últimos anos, os jardins de temperos têm sido os preferidos de quem mora a metros de altura do asfalto e sente falta da terra e de plantas no lar.

Sabrina Jeha, herborista do viveiro orgânico Sabor de Fazenda, afirma que a primeira preocupação na hora de começar o jardim é a quantidade de sol que as plantas irão receber. ?O espaço não é tanto o problema, mas os temperos precisam de pelo menos quatro horas de sol por dia?.

A engenheira agrônoma e paisagista Luciana Guimarães concorda com Sabrina, mas acredita que alta luminosidade, mesmo que indireta, é suficiente. Seu jardim de pimentas dedinho-de-moça, que recebe luz através de um vitrô durante a tarde e está sempre brotando, é a prova.

Com as orientações das duas especialistas, monte seu próprio jardim:

Tamanho dos vasos ou jardineiras
Antes de plantar, procure saber de que tamanho provavelmente ficarão os temperos escolhidos. As mais de 60 espécies de manjericão, por exemplo, pedem sempre vasos com altura maior de 25 cm. Já tomilho, orégano e manjerona, ficam bem acomodados em vasos de 15 cm. Se você não possui essa informação sobre os temperos que deseja plantar, prefira vasos com pelo menos 20 cm de altura.

Plantio
A terra certa para jardim é uma mistura de 1:1:1 de: terra preta (húmus), terra vermelha e areia grossa de rio (usada em construções). A terra preta possui os nutrientes, a vermelha tem a função de reter a água e a areia melhora a drenagem. A terra mais solta e fofa é a ideal para o plantio de sementes.

Também contribuem para a drenagem: cinasita (bolinhas de cerâmica), brita, cacos de telha, pedrinhas ou bidim (manta que serve como filtro), que devem ser colocadas antes da terra, no vaso.

Vento: o outro vilão
Além da pouca exposição ao sol, outro fator que prejudica a plantação é o excesso de vento. Com exceção de tomilho, tomilho-limão, lavanda, capim-limão e alecrim, a maioria dos temperos é pouco tolerante às ventanias.

Trepadeiras, pergolados, que ainda são decorativos, ou jardineiras com suportes para a parede podem ser utilizadas para barrar o vento, desde que não comprometam a incidência de luz.

Mas se o problema for falta de sol, o cultivo de temperos ficará comprometido. Sem a luz necessária, o tempo de sobrevivência de uma muda de alecrim, por exemplo, cai de dois anos para três meses. Uma boa alternativa nesse caso são ervas medicinais como a pariparoba, mais resistentes.

Rega
A rega depende muito do tipo de vaso. Vasos de barro são mais porosos e por isso secam mais rapidamente. Para lugares de muito vento, recomendam-se vasos de resina. Eles imitam o barro e, apesar de não serem tão bonitos, são mais leves e seguram melhor a umidade. A herborista Sabrina brinca que a melhor medição para a rega ainda é o ?dedômetro?: ?coloque o dedo na terra, se estiver úmida, está bom, se estiver seca, precisa ser regada?.

Luciana chama a atenção para o cuidado com as pimentas, que não gostam de solo encharcado e para o jeito certo de se fazer a rega. ?Não se rega as folhas se a planta estiver exposta ao sol direto. A água age como uma lente de aumento e pode queimar as folhas?, explica.

Adubação
O ideal é que se adube a terra a cada 30 dias, seguindo o seguinte procedimento: coloque o adubo no solo, um pouco afastado do caule, regue logo em seguida e revolva a terra para que não haja perda por oxidação quando o sol bater. A proporção de adubo é de uma colher de café para cada vaso pequeno (15 cm X 15 cm).

Além do composto orgânico, pode-se utilizar a torta de nim ou bokachi. Deste último: uma colher de sopa para cada vaso. Outra opção é comprar terra já adubada. Mesmo um composto granulado ou em pó nunca deve ser despejado sobre as folhas. Os adubos fermentam e podem queimar a planta.

No caso das pimentas, Luciana indica um adubo com fórmula NPK 4 14 08, que possui menos nitrogênio do que sódio e potássio. Essa fórmula estimula a brotação de frutos e fortifica a raiz. O adubo pode ainda ser alternado com outro, nitrogenado, NPK 10 10 10, que fortalecerá a parte verde da planta.

Poda
Deve-se sempre evitar a presença de folhas secas na planta. Elas atraem fungos e bactérias. Mas a poda deve ser feita com uma tesoura, e não arrancando as folhas uma a uma. Cortando cerca de 5 cm das pontas, você garante que as ervas voltem a brotar.

Bar em casa dá charme à sala




Reuniões em casa pedem um cantinho aconchegante, com espaço para a música e as bebidas. O site oferece uma seleção de artigos que darão mais charme às festinhas e também sugestões criativas para montar o seu bar. Veja:

A sala ampla mistura elementos modernos e antigos. O bar se concentra na mesa de centro e é acompanhado por cadeiras baixas, compradas em um antiquário.

No canto esquerdo do bar, um reservátorio embutido mantém as bebidas geladas. Um trecho da bancada é reservada para os aperitivos. Os amigos podem se acomodar nos bancos, nas almofadas ou no sofá.

No estilo clean, o bar possui bancada, mesa lateral, armário com profundidade de 70 cm, frigobar embutido e banquetas cromadas.

Cor na decoração - vibração do azul


Esta cor lembra o céu e o mar. É uma cor calmante e por ter um efeito tranqüilizador é própria para quartos, pois ajuda no sono mais gostoso.

Na tonalidade cobalto, recria casas de estilo mediterrâneo que se harmonizam em decorações com peças em branco e madeira clara.

Pessoas depressivas em ambientes cujas paredes foram pintadas com tons de azul escuro e monocromático podem ser levadas à introspecção. Já o azul anil alegra os ambientes e o lavanda, alarga visualmente as paredes.

A decoração com um azul mais escuro transmite autoridade e deve ser usado em ambientes formais.

É uma cor indicada para quem é muito agitado, pois ativa o sono. Por outro lado, pode restaurar o equilíbrio emocional da pessoa que habita o local, pois cria um ambiente aconchegante.

Cor na decoração - vibração do amarelo


É a cor da luz, ótima para ser usada no quarto de estudo e no quarto de criança, pois traz ao ambientes muita energia e alegria. A cromoterapia diz que o amarelo é uma cor que estimula o raciocínio, é inspiradora e animadora. Ajuda no auto-controle. Em quartos deve ser usado na tonalidade clara com complementos brancos ou beges, ocres ou marrons.Esta cor é usada também em cozinhas e banheiros.

Cor na decoração - vibração do preto


Preto é a ausência de cor. É usado em pequenos detalhes. Uma decoração que usa o preto se torna sóbria, sofisticada e induz ao drama... É necessário cuidado com o uso do preto, pois esta cor pode transmitir agressividade sendo opressiva e depressiva. Bem usada traz muita classe ao ambiente.

Cor na decoração - vibração do laranja


É a cor da energia. Do amarelo traz a luminosidade e do vermelho a impulsividade. Ela combina com ambientes rústicos, potencializa a luz e valoriza as decorações baseadas em fibras naturais, couro e madeira.

Os tons mais "escuros" dão a sensação de calor e se usado em tonalidade mais suave aumenta a luz do ambiente. Fica bem em todos os cômodos e pode ser usada em qualquer estilo de decoração

É muito usada em restaurantes, e todos os negócios ligados à área de alimentação.

Cor na decoração - vibração do branco



O branco representa a paz e traz uma sensação de limpeza. Estimula a imaginação criativa, pois passa o sentimento de infinito. Reflete a luz e dá a sensação de maior claridade e de ampliar o espaço pequeno. Se o branco recebe luz intensa direta, só então podemos dizer que ele é realmente branco.

Algumas pessoas se sentem calmas e tem prazer em estar em um ambiente decorado com muito branco, mas outras o acham impessoal e frio, trazendo-lhes um sentimento de tristeza. Analise o que você sente antes de fazer a opção por uma decoração branca.

Lembre-se que o branco potencializa as outras cores e quando ele é quebrado por quadros e outros detalhes coloridos, o efeito pode ser fabuloso.

Off White: é um branco cortado com uma pitada de cinza. É chamado também de cor "osso" ou "casca de ovo" é recomendada para salões luminosos, pois não tem a estridência do branco total. Combinam com qualquer madeira lhe conferindo um aspecto mais fino do que o branco total. Se pensar em pintar sua casa de branco, pinte de "off White" ela ficará bem mais fina e sofisticada.

Marfim: esta variação do branco leva uma pitada de amarelo, puxando para tons de palha ou pastel. Como todos os outros tons que falamos acima são neutros, esta cor pode ser usada em qualquer ambiente, mas a alegria de uma decoração baseada nesta cor vai ficar por conta dos estampados dos tecidos ou dos complementos. Quanto mais suave, mais fácil de combinar com outras cores.

Creme e beje: Esta cor usada como base em uma decoração, confere muita elegância e um efeito calmante.Uma decoração que tem como base o creme ou beje pode ser quente ou fria, dependendo a cor que se use junto com ela. Por ser neutra pode ser usada em qualquer cômodo e com qualquer estilo.

Quer criar um ambiente natural? Continue com os tons neutros nos tecidos e complementos. Dê apenas um toque de sofisticações com algum objeto, quadro ou abajur para quebrar a monotonia.

Copa do Mundo:arrume sua sala para receber os torcedores




A sala, palco da festa e da gritaria nos dias de jogo, se adapta com mudanças pontuais: basta mover uns móveis, acrescentar assentos e espalhar petiscos pelo ambiente, como foi feito no estar deste apartamento decorado pelas arquitetas Raquel Melo e Camila Caló para um triaatleta de São Paulo.

Poltrona de bola - O modelo inflável de vinil suporta até 90 kg.
Futon laranja - Use o modelo Laos como apoio ou assento extra.
Almofadas Coloridas - As capas de algodão Chandia medem 45 x 45 cm.
Almofadas de bola - São de pelúcia, com 25 cm de diâmetro.
Saladeira - Sobre o futon, o modelo Ocean, de acrílico, decora e serve pipocas.
Cumbuca Verde - Na mesa lateral, recheada de jujubas.
Pipoqueia Amarela - Ela se destaca sobre o balcão.
Bandeja - De acrílico, embaixo da pipoqueira

Bola com nova função

A lista de amigos pode crescer com este assento inflável em forma de bola de futebol. Além de ser fácil movê-lo de um canto a outro, pode ser esvaziado e guardado em uma gaveta no final de cada jogo. E, claro, ajuda na decoração esportiva. Aproveite bancos e cadeiras de outros ambientes e complete a arquibancada, como aconteceu com os pufes brancos, que já pertenciam ao morador deste apartamento. A varanda vira uma extensão do estar, com espaço para extravasar a emoção de cada gol marcado.

Comidinhas fáceis de preparar (e de comer!)

Quem não gosta de beliscar e bebericar enquanto torce pela seleção canarinho? Distribua pela sala petiscos em vasilhas coloridas. Espetinhos de mussarela nozinho e fatias de tomatecereja, pão de queijo, amendoim, biscoito de polvilho e jujubas agradam a todos. O balde com gelo mantém as bebidas na temperatura certa e pode ficar até no chão.

Fotos de Família Viram Peças Modernas de Decoração


A câmera fotográfica é um acessório fundamental durante viagens, passeios e momentos de lazer. Com o fim das férias, as fotos acabam sendo esquecidas em álbuns ou no computador, mas podem incrementar a decoração da casa e reavivar memórias.

Para que o resultado fique harmonioso, não basta espalhá-las pelos cômodos. "Tem de tomar cuidado para não ter poluição visual. Se o espaço é pequeno, use fotos menores. Caso o espaço seja maior, pode abusar das fotos grandes", explica a arquiteta Ana Lucia Spagnuolo.


As fotografias são sempre bem-vindas nos corredores, salas, quartos e escritórios. "Quem quiser usá-las em banheiros, por exemplo, precisa tomar cuidado com o vapor e a umidade", complementa a arquiteta.

Na hora de escolher as fotografias que farão parte da decoração, vale mesclar as antigas com as recentes. Uma forma de não errar na composição é apostar nas imagens em preto-e-branco para espaços coloridos e vice-versa.

Crie e decore você mesmo
Depois de selecionar os cliques preferidos, a próxima etapa é decidir qual será o suporte. Quem optar pelos tradicionais porta-retratos deve ficar atento com a moldura. "Para valorizar a foto, escolha as menos trabalhadas. Assim, você evita que as imagens fiquem sobrepostas", diz Ana Lucia.

Outra dica é observar a proporção e variar os modelos das peças, para que a decoração não fique cansativa. Não coloque muitos porta-retratos em cômodos pequenos.

Móbiles, murais e painéis de fotos são curingas na decoração e dão um toque diferenciado a ambientes despojados, como quartos de adolescentes. "Num painel de fotos coloridas, vale a pena apostar em um mural neutro para que as imagens ganhem destaque. Paredes coloridas servem de moldura para fotografias em preto e branco", acrescenta.

Fotos impressas em vidros, que são fáceis de limpar, e caixas com fotografias coladas nas tampas, também são opções modernas para quem quer incrementar o ambiente.

Projetos de Casas Decoradas


As pessoas estão passando a optar por modelos que não são convencionais em relação a casas, projetos diversificados entre outras coisas mais, talvez isso seja uma questão de necessidade, ou então também podemos julgar como luxo. Enfim, aqui vamos falar um pouquinho mais sobre Projetos de Casas Decoradas.

Um bom site para que você consiga encontrar projetos de casas decoradas é o Shopping Casa Decorada, além do mais você também pode estar encontrando muita informação relacionada em que pode lhe ajudar diretamente com o assunto, por isso é uma boa indicação em que fazemos pra que você consiga obter o máximo possível de informações.

Eles fazem elaborações de plantas de casas, e ainda por cima também oferecem a ajuda dos profissionais especializados na área em que atuam na empresa para que você obtenha o melhor resultado. Para isso você pode estar acessando o Show Room do site. E contando com a ajuda desses profissionais fica muito mais fácil e pratico realizar a decoração de interiores de cômodos da casa.

Também é possível solicitar que façam o projeto de apartamentos decorados. Você também pode estar fazendo os seus próprios projetos a apresentando aos profissionais para que eles façam algumas modificações em que vão ajudar a obter mais satisfação ao final da obra. Utilize esses recursos para projetar casas e também todos os benefícios em que a Shopping Casa Decorada tem a função de oferecer pra você!

Agora que você já tem um excelente parâmetro pra projetos com casas decoradas não deixe de contar com a ajuda desse pessoal inclusive pra fazer um orçamento final do seu projeto, assim você poderá ter a noção mais ou menos de quanto vai gastar. Utilize o “Fale Conosco” para conseguir tirar todas as suas dúvidas. E é claro, não deixe de conferir os produtos em que podem ser encontrados no blog.

Decorar a Casa não Precisa Custar os oOlhos da Cara


A mostra "Morar Mais por Menos - o chique que cabe no bolso", que ocorre em São Paulo, de 12 de abril a 22 de maio, é a prova de que com um pouco de reciclados, garimpo em lojas de antigüidades, uso de materiais alternativos e muita criatividade dá para criar ambientes chiques e a baixo custo. A idéia é expor ambientes baratos criados pelos 56 arquitetos, decoradores, designers e paisagistas que participam da mostra.

Os pisos caríssimos foram substituídos por cimento queimado; as cadeiras ganharam revestimento de retalhos de ótimos tecidos, mas que podem ser conseguidos até de graça; paredes que exigiriam muito trabalho com recuperação, foram cobertas com juta; luminárias italianas foram substituídas por peças criadas com baldes, entre outras diversas soluções que podem deixar um projeto de arquitetura bem mais acessível.

A proposta não é uma decoração com cara de coisa baratinha, mas usar materiais baratos de forma elegante e com cara de que se gastou rios de dinheiro. "Tive a idéia de fazer essa mostra depois de casar. Eu não tinha dinheiro para decorar a casa e achei que o jeito fosse partir para uma decoração improvisada. Orientada pela minha mãe, contratei um arquiteto e disse que queria tudo bem baratinho. Consegui deixar minha casa linda, com baixo orçamento e feita por um profissional", diz a organizadora do evento, Sabrina Schuback Rocha.

Mesmo quem tem dinheiro para gastar com decoração sabe que o chique é ser econômico e evitar desperdícios. Partindo desse preceito, a mostra seduziu arquitetos renomados, que foram pautados para criar ambientes para um cliente de bom gosto, viajado e que dá valor ao dinheiro.

"O projeto administra os custos de uma maneira equilibrada. No geral, deve sair a um bom preço, mas pode ter uma única peça cara e todas as outras bem baratinhas, desde que o preço final seja acessível", diz Sabrina.

Organização Divertida para as Crianças



Usando prateleiras, podemos aproveitar ao máximo aqueles cantinhos que nunca sabemos o que fazer; improvisando mesinhas para pintura e desenho, ou mesmo uma mesa pra estudos.

Sempre focando nas atividades e necessidades de cada um, conforme a idade da criança, podemos criar ótimos ambientes.

Desde o banheiro, armários até o quarto, com muita organização de forma prática, elas aprendem, se habituam, se acostumam e gostam de guardar suas coisas nos seus devidos locais.

Podem reparar que as cores da parede sempre mudam. Uma maneira bem econômica de enriquecer e alegrar qualquer ambiente

Com esses exemplos práticos de organização fica mais fácil ensinarmos nossas crianças desde cedo, começando pelos seus brinquedos, depois mais tarde elas saberão organizar as outras coisas. Leia nosso artigo que fala sobre como envolver as crianças nas tarefas domésticas

Como Decorar Quarto de Casal Pequeno


A melhor forma de aproveitar bem o espaço de um quarto pequeno ( na casa dos 12 a 14 metros quadrados ) é fazer um projeto de móveis planejados. Você pode até comprar móveis para o seu quarto aproveitando cada promoção que aparece mas será um pouco mais trabalhoso organizar os espaços para ter a maior área livre possível para sua circulação.

Em decoração de quarto de casal pequeno o uso de espelhos e vidros continua sendo uma ótima solução. Um bom projeto de iluminação também ajudam muito para dar a impressão de maior espaço e conforto. O uso de soluções modernas como a TV LCD ou TV de Plasma como parte da decoração do seu quarto de casal garante mais espaço livre para circulação na frente da cama. Muitas vezes você vai precisar de um rack pequeno ou até mesmo pode trocar esta rack por peças fixas na parede. Cuidado na hora de escolher o tamanho da TV pois se for muito grande para um quarto pequeno pode se tornar desconfortável. O uso de papel de parede e painéis de MDF no lugar da cabeceira da cama ajuda a poupar espaço.

Uma boa dica para escolher móveis para o seu quarto é visitar lojas especializadas em móveis que possuem mostruário aberto para visitação com projetos feitos por arquitetos.

Cantinhos de Estudo e Leitura Para Crianças e Adolescentes



Que tal ter em casa um cantinho de estudo e de leitura bem planejado e decorado para se concentrar melhor? Nos projetos, os arquitetos e designers de interiores buscam soluções funcionais e criativas em mobiliário e organização para acomodar livros, computador, cadernos e outros objetos necessários. O objetivo é criar um ambiente aconchegante e de fácil acesso.

Cantinhos de estudo e leitura para crianças e adolescentes

A arquiteta Andrea Chicharo sugere: "espaços e nichos devem acomodar separadamente a torre do computador, o teclado, a impressora e os CDs/DVDs. Os fios devem ser embutidos, deixando a bancada o mais livre possível para apoio de livros e cadernos. Com o canto de estudos bem planejado, o estudante toma gosto para usar o local com frequência, em vez de se jogar na cama ou no chão, com o material escolar espalhado".


Neste quarto para adolescente a designer de interiores Ana Meirelles escolheu aproveitar um espaço entre o armário e a parede que não dava para ser aproveitado com outro móvel, por conta do pouco espaço e pelo nicho do ar condicionado localizado ali. A solução foi projetar uma bancada para o computador e para área de estudo do rapaz. "E a pintura preta disfarçou a viga existente ao lado da janela", completa Ana.

Leveza e modernidade nos cantinhos de estudo e leitura

A designer de interiores Andréa Vivas descreve o cantinho de estudo e leitura da foto abaixo, "neste projeto a ideia foi montar um quarto de adolescente confortável para dormir, receber as amigas e estudar. Desenvolver o cantinho de estudo em marcenaria foi a solução aliada na concepção do espaço".


O quarto foi projetado pela arquiteta e paisagista Emmília Cardoso para uma menina a faixa dos dez anos extremamente vaidosa e que adora cor-de-rosa. Um quarto com decoração contemporânea que se destaca pela beleza e leveza das cores e detalhes traduzindo a uma personalidade feminina e delicada.

"Projetei o ambiente com colchas e adornos de flores e corações, tudo bem romântico. A bicama serve para receber as amiguinhas. O cantinho de estudos está próximo ao armário com o computador, gaveteiros e nichos na lateral com espaços para abrigar tanto pertences pessoais como de estudos", comenta a arquiteta.




A Sala mais Relaxande do Mundo


A sala tem música suave e cheiro de lavanda .O psicólogo britânico Richard Wiseman afirma ter criado a sala mais relaxante do mundo no campus da Universidade de Hertfordshire, no leste da Inglaterra.

Segundo ele, o ambiente é resultado de anos de pesquisas sobre técnicas de relaxamento e traz elementos como chão macio, cheiro de lavanda, luz difusa verde, música suave e um teto que reproduz a imagem de um céu azul.

A sala está sendo testada pela primeira vez para avaliar seu impacto na redução do estresse e no relaxamento, Wiseman convidou executivos afetados pela crise econômica para passar 15 minutos deitados dentro do ambiente.

Depois de cada sessão, o professor irá analisar a reação do corpo dos visitantes aos estímulos de relaxamento da sala, verificando parâmetros como a pressão sangüínea e os batimentos cardíacos.

“O ritmo da vida moderna e a crise financeira estão deixando as pessoas muito estressadas, e criamos este espaço para que elas possam relaxar”, disse Wiseman.

“Estudos anteriores demonstraram que essas cores, sons e cheiros ajudam as pessoas a relaxarem, mas essa é a primeira vez que esses elementos estão combinados desta maneira. Será fascinante avaliar o impacto nos visitantes”, afirmou.

Elementos

Alguns estudos indicam que a luz verde difusa estimula a produção de dopamina no cérebro e oferece uma sensação tranqüilizante.

Além disso, o céu azul ajudaria a criar uma forma leve de privação sensorial (ausência de estímulos dos sentidos), o que ajudaria a distrair os visitantes e afastá-los do estresse diário.

A música usada no ambiente, por sua vez, foi composta especialmente para ser usada na sala por Tim Blinko, professor de música da universidade.

Blinko afirma que a composição tem “um ritmo leve e distinto, com notas graves e sem mudanças repentinas no andamento”.

O jornalista britânico Will Paiva testou a sala e relatou suas impressões em uma matéria publicada no jornal The Times. Ele conta que, ao entrar no espaço, estava preocupado com a crise financeira e com assuntos domésticos, mas que não pensou nesses assuntos nenhuma vez enquanto estava relaxando no ambiente. Além disso, ele afirma que seu batimento cardíaco caiu de 86 para 74 batimentos por minuto durante o primeiro minuto dentro da sala.

Decoração de Cozinha Rustica



Esquecendo as decorações tradicionais, para conseguir uma cozinha rústica podemos escolher outro tipo e revestimentos que estão muito na moda e que ficam muito bem com o aspecto rústico que queremos dar à nossa cozinha. Falamos da ardósia por exemplo. Este tipo de revestimentos fica perfeito com o interior e com a decoração da nossa cozinha.

A ardósia pode ser cortada em partes mais ou menos espessas. Para o chão e a parede, podemos usar partes não polidas de ardósia que conservarão as suas irregularidades. A seguir os móveis da cozinha, podes escolher entre ardósia cinzenta pálida, azulada ou com reflexo verde. A ardósia é um material vivo que apesar de resistir bem ao calor, é frágil, por isso é aconselhável reservar este tipo de revestimentos para as partes menos utilizadas da cozinha. A madeira ou o aço inoxidável fica muito bem com a ardósia, como também com outros materiais.

A pedra de lava consegue-se através do trabalho com lava vulcânica. Aquecida, ficam com pigmentos de cores fortes antes de formar placas cortadas à medida das superfícies de trabalho e dos chãos. A vantagem deste revestimento é que se pode definir a cor que tu quiseres. E mais, é perfeitamente resistência ao calor e muito resistente a possíveis danos. A sua inconveniência é o seu preço elevado.

Acerca das cores e tonalidades… o amarelo é perfeito para este tipo de cozinha. Ponha o amarelo na sua cozinha. Amarelo ovo, palha, sol, girassol ou pastel, … qualquer destes tons é ideal e oferece uma grande beleza seja qual for a sua intensidade. Por exemplo, com a ardósia, o amarelo parece um raio de sol na cozinha. Combinações excelentes com o amarelo podem ser as seguintes:

Branco e amarelo: Branco com amarelo vivo e mobília de madeira viva com mobília de amarelo pastel. Pode ser uma excelente combinação.

Azul e amarelo: Esta combinação é clássica e moderna pela sua vez. Móveis com os fundos amarelos e contornos pintados de azul pastel e revestidos com acabamentos amarelos, azuis ou brancos.

Laranja e amarelo: Esta combinação está reservada para os cozinheiros mais audazes. Paredes pintadas com tonos alaranjados, com acabamentos de madeira amarela clara e mobília revestida com tons laranjas.

Dicas de Modelo e Estalação de Percianas



(( OS MODELOS E MATERIAIS DISPONÍVEIS NO MERCADO ))



Atualmente há uma grande quantidade de materiais, texturas, formas, cores e modelos de persianas, que permitem que se crie os mais diversos ambientes, românticos, modernos Existem modelos feitos de alumínio, madeira, PVC, tecidos, bambu, em forma de lâminas horizontais ou verticais, retas ou onduladas, painéis ou até parecidas com uma sanfona.

As persianas internas podem ser horizontais (com as lâminas de alumínio) ou verticais (de tecido poliéster ou PVC). O modelo de tecido é empregado para deixar o ambiente claro, porque a luz solar entra de maneira mais uniforme.

O modelo em tecido também pode ser emborrachado, que impede a passagem da luz, por isso é mais indicado para ser colocado em dormitórios. A persiana em PVC deve ser instalada na cozinha, porque é mais fácil para limpar a gordura exalada de frituras.

Verticais



Indicadas para uso residencial e comercial, as Persianas Verticais caem bem em qualquer ambiente. Possuem uma gama enorme de padrões e cores que vão desde o Polyester, passando por Juta, PVC, Alumínio até as importadas em Jacquard e Fibra de Vidro anti-chama. Acompanhadas ou não de Bandô as Persianas Verticais dão o toque final em sua decoração além de proporcionar grande controle de luminosidade para seu ambiente.


Horizontais

Elas são feitas em lâminas de alumínio com 25 mm e 16 mm de largura, e espessura de 0,018 e 0,021 mm. São Monocromáticas, com cordas e cadarços em poliéster da mesma cor das lâminas, peças do mecanismo em poliacetal, controle de luminosidade através de bastões em acrílico transparente.

A pintura é em esmalte sintético especial, aplicada em processo contínuo em forno de alta temperatura, recebendo uma camada final em torno de 30/40 microns de espessura.

A durabilidade e sofisticação são garantidas pela alta qualidade e beleza das lâminas em alumínio . Suas cores são suaves e harmoniosas e tornam a decoração mais sóbria e elegante, proporcionando maior privacidade e proteção do ambiente.



Persianas rollo combinam a leveza da cortina com a funcionalidade da persiana, possuem inúmeras possibilidades de controle da luminosidade.

Sua diversidade de materiais, texturas, acabamentos e cores integram qualquer ambiente com beleza, funcionalidade e qualidade superior.

Solução moderna em proteção solar, reúne beleza, sofisticação, versatilidade e funcionalidade em um único produto. É possível controlar o nível de escurecimento com toda privacidade, pelas inúmeras opções de tecidos térmicos, decorativos ou blackout, além de possuir acionamento elétrico ou manual. Proporciona conforto térmico e visual, além de reduzir o consumo de energia. Capaz de cobrir grandes vãos: até 30 metros em um único tecido.


1) DENTRO DO VÃO DAS JANELAS OU PORTAS

-

A profundidade do vão até a janela/porta deve ter pelo menos 6 (seis) centímetros para persianas horizontais e 12 (doze) centímetros para persianas verticais.

- Meça a largura interna na parte mais alta do vão e desconte um centímetro, anote esta medida.

- Meça a altura do vão do lado esquerdo, depois meça no meio e no lado direito e anote a menos medida descontando um centímetro.


2) FORA DO VÃO DAS JANELAS OU PORTAS


- Sua persiana ficará pelo menos 20 (vinte) centímetros maior na largura e 10 (dez) na altura para obter uma melhor cobertura.

- Meça a largura do vão na parte mais alta da abertura, acrescente mais 20 (vinte) centímetros e anote essa medida.

- Meça a altura do vão no lado esquerdo, depois meça no meio e no lado direito, acrescente 10 (dez) centímetros na maior medida e anote essa medida.

- Parapeito: Meça a medida da parte baixa do vão até o chão e desconte 5 (cinco) centímetros. Anote essa medida.

- Bandô (Acabamento): só poderá ser instalado fora do vão. Sua medida é a largura de cima mais 1 (um) centímetro. Anote essa medida com a observação ?dobra de 15?.

- Se a persiana for até o chão: neste caso o parapeito é igual a 0 (zero), a altura é da parte mais alta do vão até o chão. Meça em 3 lugares (esquerdo, meio e direito), acrescente no mínimo 5 (cinco) centímetros na maior medida se o espaço acima permitir e anote essa medida.


3) PERSIANA DE PAREDE TODA


- Meça a largura da parede na parte mais alta e desconte um centímetro. Anote essa medida.

- Meça a altura da parede do teto ao chão, no lado esquerdo, meio e direito, desconte 5 (cinco) centímetros da menor medida e anote essa medida.

- Parapeito: informe parapeito igual a 0 (zero). Anote essa medida.

- Bandô (Acabamento): é a largura que você escreveu. Anote essa medida com a observação ?bandô reto?.

Observação:

Meça com precisão pois a fábrica não fará nenhum ajuste às medidas. Essas instruções são de referência geral, qualquer dúvida confirme com seu vendedor para que sua persiana seja fabricada corretamente.


4) PERSIANA VERTICAL - OPÇÕES DE ABERTURA

A) Laminas recolhem para o lado do comando.

D) Lâmias recolhem para o lado oposto do comando.

Central: Lâminas recolhem do centro para as laterais.

H) Lâminas recolhem das laterais para o meio.


5) PERSIANA HORIZONTAL - ESCOLHA O COMANDO

Normal: Cordão de acionamento do lado direito.

- Bastão de giro do lado esquerdo.

Invertida: Cordão de acionamento do lado esquerdo.

- Bastão de giro do lado direito.

D - Direita: Ambos os controles do lado direito.

E - Esquerda: Ambos os controles do lado esquerdo.

Observação:

Na linha horizontal temos lâminas de alumínio de 15mm, 25mm, 35mm e 50mm de largura.


6) BANDÔ - OPÇÕES DE TIPO

Bandô Reto

Bandô com dobra na direita

Bandô com dobra na esquerda

Bandô com dobras nas laterais.


Como Planejar a Cozinha dos Seus Sonhos


Para que você possa ter uma boa idéia do que existe no mercado, visite showrooms de lojas com Todeschini de cozinha planejada e tire fotos do que gostar. Compre revistas de decoração cozinha, livros e assista a programas de televisão que têm como tema reformas (o canal a cabo People & Arts possui diversos programas desse tipo em sua grade de programação).
Crie duas listas: uma lista funcional (utensílios, ilhas, organização de armários) e uma lista de estilo (materiais, cores, acabamentos).

Armazenamento

Analize as suas necessidades de armazenamento. Conte e meça todos os potes, refratários, panelas, tuperware, pratos, talheres, comidas, ingredientes, vinhos, itens decorativos, eletrodomésticos e eletrônicos. Use essa informação para determinar o quanto de espaço você precisa no seu projeto de cozinha. Armários podem ser responsáveis por até 50% do custo de uma nova cozinha, dependendo da qualidade dos materiais e se eles são feitos sob medida ou prontos.

Encanamentos

Toda a parte de encanamentos têm de ser feita antes dos armários, enquanto as paredes ainda estão abertas.

Iluminação

Essa também é a hora de planejar a iluminação e tomadas da sua nova cozinha. Três tipos de iluminação são normalmente utilizadas em cozinhas modernas: ambiente (para toda a cozinha), de tarefas (para lugares de tarefas específicas, como o forno ou a pia) e dicróicas (para mostrar objetos decorativo e dar aquele toque na decoração final).

Balcões e superfícies

Escolha os seus balcões e superfícies cuidadosamente. Cozinhas são lugares quentes, úmidos e desorganizados. Portanto, procure por superfícies que harmonizem limpeza, durabilidade e beleza. Pesquise os diversos tipos de superfícies que você pode usar – será que aquela pedra maravilhosa de granito vai manchar sob uma panela quente?

Designer

Não se esqueça de contabilizar o custo de um profissional, o designer. Este custa normalmente 6% do valor total do projeto, mas pode também cobrar por hora de trabalho (de R$50 a R$150).

O espaço

Entenda como os espaços e proporções funcionam em sua cozinha. O triângulo clássico de cozinha – a distância entre a pia, o forno e a geladeira – deve ser de 3,5 a 8 metros. As ilhas devem ter no mínimo 107cm para uma pessoa, e 122cm para duas. Os armários de baixo mais os balcões devem ter 91 cm, mas podem ter 107 se incorporam cadeiras ou bancos. O fundo dos armários de cima devem ficar ao menos 46cm acima dos balcões e fogão.






Jardins verticais: nobreza em espaços pequenos



Hoje vou tratar de uma solução cada vez mais freqüente em paisagismo, e que cai especialmente bem para ambientes pequenos. São os jardins verticais.

Refiro-me a eles como sendo qualquer tipo de intervenção verde de forma vertical.

Os jardins verticais agregam valor e promovem o belo, elevando as plantas à altura dos olhos. Não há como não notá-las.

O Ripsális é cultivado em placas de fibra de coco e se desenvolve sem terra, preferencialmente à meia-sombra. É muito importante mantê-lo sempre úmido para que o crescimento aconteça de forma sustentada.

Nos próximos posts, vou abordar um pouco mais desse tema fascinante.

Também falaremos sobre uma nova tendência em paisagismo: o green wall.

O Poder das Cabeceiras



Ninguém duvida de que ela é a grande atração do quarto.
Pode ser um modelo que emoldure a cama ou um grande painel que toma toda a parede. Mas há também quem opte por forrar a área com tecidos, adesivos e papéis estampados. Aqui, mostramos sugestões para você se inspirar.

Aconchego no tecido
Tons suaves e clima aconchegante dão a tônica no quarto criado pela arquiteta Patricia Martinez. No papel de cabeceira, três painéis de madeira revestidos de linho rústico ficam encaixados entre frisos de cumaru e ocupam toda a parede da cama. "O tecido confere conforto e quebra a rigidez das linhas retas do painel", diz. No lado direito, Patricia previu um gavetão suspenso que serve como criado-mudo.

Madeira dá o tom
No quarto projetado pelo decorador Fernando Piva, a idéia era criar um ambiente elegante, mas que primasse também pelo aconchego. Por isso, ele escolheu materiais que aquecem: tábuas de eucalipto de reflorestamento, que podem ser usadas no piso ou na parede, fazem o papel de cabeceira. Atrás deste grande painel, a parede ganhou revestimento de papel vinílico no tom dourado, cuja textura convida ao toque.


Adesivos delicados
"Adoro inovar e procuro sempre modificar a decoração. Por isso, optei por não ter uma cabeceira fixa", conta a moradora, a empresária Alice Penteado. Em busca de novas idéias, ela se encantou com uma empresa de adesivos e ali encontrou o modelo ideal. "Montei a composição no piso, com base na largura da cama, antes de colá-la na parede."


Emoldurado em madeira
Apaixonado pela madeira sucupira, o casal pediu à arquiteta Consuelo Jorge que o material fosse usado no quarto. A profissional projetou então um conjunto completo com a madeira: a cabeceira é um grande painel com 6 cm de profundidade, que ocupa toda a parede. Nele está acoplada a cama, com uma moldura de 9 cm em volta do colchão. Esta peça continua no lado esquerdo e dá forma a uma longa mesa de apoio.


Grafismos em alta
De Nova York, onde morou por quatro anos, o casal trouxe o tapete. Partindo dos tons desta peça, o arquiteto Leonardo Junqueira criou a decoração que realça a cama box: primeiro entrou o papel de parede do designer David Hicks, com grafismos inspirados nos anos 1970. Para não brigar com as estampas,
projetou uma cabeceira revestida de veludo liso.

Cabeceira de peso
O morador tinha esta cabeceira de madeira ripada num quarto mais espaçoso. Como não abriu mão da peça ao mudar para um imóvel menor, a arquiteta Flávia Portela decidiu instalar uma caixa de gesso com nicho logo acima dela: "Amenizei as linhas fortes e escultóricas da cabeceira e ainda trouxe um clima aconchegante com a luz embutida no nicho", diz.


Tecidos de efeito
Seguindo o desejo da cliente por uma decoração clássica, a arquiteta Tina Ansarah abriu mão de uma cabeceira tradicional e forrou a parede com chenile estampado, que dá suporte para a cama box. No mesmo tom das estampas, os portatravesseiros servem como encosto e ajudam a emoldurar a cama. "Feitos de camurça, assimcomo a colcha, se compõem perfeitamente com o estilo, que pede tecidos mais encorpados", diz Tina.

Aposta no branco
O morador deste apartamento, um executivo solteiro, deixou a cargo da consultora de decoração Cristina Aguiar a escolha da cabeceira e outros adereços para o quarto de hóspedes, que contava apenas com uma cama box. "Como não era possível personalizar o ambiente, optei pelo predomínio do branco, com ares contemporâneos." A cabeceira escolhida, com relevos na madeira e laqueada de branco, tem um desenho que não interfere na decoração.

Como Decorar Uma Mesa


Seja um jantar familiar de Natal ou um almoço informal para amigos, a decoração da mesa é o convite para que todos se sentem, estejam à vontade e se divirtam. O sucesso de qualquer festa está na sua organização e uma mesa criativa e bem decorada é meio caminho andado para momentos de convívio inesquecíveis. Surpreenda os seus próximos convidados com estas dicas!

Decidir o ambiente


O primeiro passo é decidir que tipo de festa vai dar – temática, por cores, para amigos, para a família, de trabalho, formal ou informal. A partir daí é necessário reunir os elementos chave para uma mesa bem-posta e convidativa! Desde a toalha e os guardanapos, passando pela louça e talheres, não se esqueça de adicionar alguns toques decorativos especiais – são os pequenos e imaginativos detalhes que vão tornar a sua mesa o centro das atenções!

Toalhas & Guardanapos

  • Antes de escolher a toalha que irá cobrir a mesa, proteja-a com um resguardo: para além de salvaguardar a mesa de travessas quentes e vinho entornado, vai manter a toalha lisa e fixa, ajudando ainda a disfarçar os barulhos causados pelo “tintilar” de pratos, talheres e copos.
  • Quando escolher a cor da toalha de mesa, tenha em consideração a temática do seu convívio ou a ocasião que se vai celebrar. O branco é um clássico que permitirá brincar com outros apontamentos de cor, seja os guardanapos, seja os copos; enquanto uma toalha verde, por exemplo, pode ser perfeita para um almoço de Verão entre amigos. Se vai utilizar louça com motivos, escolha uma toalha lisa e vice-versa, se não, o resultado será uma mesa demasiada ruidosa!
  • Se quiser mesmo inovar, esqueça a toalha e decore a mesa apenas com individuais ou então com um “runner” ou “corre-mesa” que, atravessado de um lado ao outro, dá para duas pessoas.
  • Certifique-se que a toalha é adequada às dimensões da sua mesa, com 25 a 30 cm de tecido para cada lado. Uma toalha curta, que ainda por cima revela o seu resguardo de mesa, pode estragar a mais espectacular das decorações! E uma toalha demasiada cumprida pode entalar pés e levar tudo ao chão num instante!
  • Existem mil e uma formas de apresentar os seus guardanapos – sejam de pano ou de papel (onde a variedade de cores e motivos é surpreendente!). Faça uma pesquisa na Internet e aprenda com os especialistas as dobras mais simples ou mais exuberantes, para surpreender os seus convidados!

Entre pratos e copos

  • Um serviço de louça branco é intemporal e pode ser conjugado com tudo e mais alguma coisa, cores incluídas! Os motivos coloridos podem incluir pormenores como os marcadores de lugar, os marcadores de copos, os guardanapos ou as suas argolas. Se preferir uma mesa mais elegante e minimalista, saiba que o ouro ou a prata reflectem o branco, emprestando uma luminosidade excepcional à decoração da mesa. Por outro lado, um serviço estampado ou com padrões engraçados pode ser o mote de toda a decoração. Encontre o equilíbrio perfeito!
  • Os marcadores ajudam a manter a decoração e a classe de uma mesa posta entre os diferentes pratos, para além de proteger a toalha contra nódoas indesejadas!
  • A ideia é que os convidados se sintam bem-vindos e não assustados com a quantidade de cutelaria que vêem em cima da mesa, por isso, não coloque mais do que três talheres de cada lado do prato – no lado direito, de dentro para fora: faca para carne, faca para peixe, faca para aperitivos; no lado esquerdo, de dentro para fora: garfo para carne, garfo para peixe, garfo para aperitivos. Não se esqueça que as facas devem estar sempre voltadas para o prato e não para as mãos dos convidados! Os talheres de sobremesa são colocados no topo do prato, voltados em direcções opostas. Se tiver pouco espaço, pode sempre trazer os talheres da sobremesa aquando da mesma, ou seja, se tiver de escolher entre estes e um centro de mesa, escolha o centro de mesa!
  • Os copos são colocados do lado direito, acima das facas, na seguinte ordem: copo para água, para vinho tinto, para vinho branco e para champanhe. Para brindes excepcionais, misture copos de cristal com copos coloridos ou então copos de pé com copos baixos para uma mesa irreverente.
  • Aproveite ainda as peças “suplentes” do seu serviço para servirem de vaso para as flores do seu jardim ou para encher de fruta e fazer um belo centro de mesa.

Flores, flores e mais flores

  • As flores trazem vida a tudo e são rainhas em qualquer mesa que se quer bem decorada! Independentemente do arranjo, o ideal é que combine com o restante ambiente criado e tenha o cuidado de não escolher flores com fragrâncias muito fortes, irão interferir com os aromas do vinho e da comida.
  • Para assegurar a simetria visual da mesa, não se aconselham arranjos florais redondos para mesas rectangulares e vice-versa; os arranjos florais quadrados e rectangulares não são os ideias para mesas redondas.
  • Pode mandar fazer o arranjo numa florista, levando de casa o vaso que pretende colocar no centro da mesa ou então comprar flores avulsas (mais económico!) e fazer o seu próprio arranjo floral – não é tão difícil como possa parecer e grande parte da diversão está no experimentar!
  • Em alternativa, adquira (ou faça você mesmo!) um pequeno pote de flores para cada convidado, com o seu nome escrito no vaso ou num cartão com um desenho alusivo à temática – um mimo que podem levar consigo no fim da noite!
  • Não tem espaço na mesa para colocar um arranjo floral? Espalhe pétalas pela mesa ou coloque uma rosa ou tulipa no lugar de cada convidado – o efeito é igualmente belo.

Decoração com Velas





As velas têm um grande poder em nossas vidas desde que, em muitas ocasiões elas fazem parte de rituais e desde sempre foram usadas com as mais diferentes finalidades. Elas vêm dos tempos remotos quando ainda não existia a energia elétrica, usadas no dia a dia e de forma especial eram a marca de um jantar romântico, tanto que essa idéia se mantém até hoje tendo se tornado indispensável o uso de velas sempre que pretendemos dar aquele ar especial a um ambiente. As idéias do uso de velas em jantares românticos são brilhantes, porém elas também se fazem presentes em diversos eventos, em hotéis, em restaurantes sempre trazendo ao local uma atmosfera mágica. Em casa sempre que queremos criar um clima de romantismo, elegância e bastante acolhedor, é só recorrer ao antigo hábito do uso de velas para garantir um estilo único e muito chique na decoração.

Como Fazer?

É preciso saber fazer uma decoração com velas de modo que estas possam dar aquele destaque especial e chique que desejamos para ocasiões especiais. Uma das idéias mais simples, porém bastante criativa é a criação de um espaço com um aglomerado de velas onde todas devem ser de tamanhos diferentes, porém devem ter a mesma forma e a mesma cor. Uma escolha inteligente pode ficar por conta de velas brancas ou então marfim, pois além de proporcionar uma sensação reconfortante dificilmente vai desagradar o gosto de alguém e assim eliminamos riscos. Esta é uma idéia que pode ser posta em prática na mesa onde será servido um jantar e ao lado das mesmas podem ser colocadas folhas ou até mesmo pedaços de algumas frutas o que melhora em muito o visual do arranjo, dando a noção de requinte e fartura.

Velas Flutuantes

Outra maravilhosa idéia pelo efeito fantástico que podemos dar a esta decoração. Neste caso coloque as velas de decoração bem no centro da mesa e dentro de um vidro com água. Esta é uma idéia brilhante que pode ficar melhor ainda se colocarmos pétalas de rosa dentro desta água que junto com as velas acesas dão um efeito incrível e desta forma ou com algumas pequenas variações esta é uma idéia da qual podemos tirar muito proveito na hora da decoração com velas que tanto embelezam qualquer ambiente.


Em que Ocasiões Podemos Usar as Velas

As ocasiões em que podemos usar as velas na decoração são as mais variadas como é o caso de casamentos para enfeitar mesas no local da festa, a igreja, o quarto dos noivos, enfim são muitas as opções. Em aniversários temos também muitas propostas interessantes, ou seja, as velas podem ser usadas no momento e no local que desejarmos, pois elas acrescentam brilho a qualquer decoração